Hoje é Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue - 25/11/2009


Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue



O Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue foi instituído, no Brasil, pelo decreto no 53.988, de 30/06/1964. Embora a ciência tenha avançado muito, ainda não descobriu algo que substitua o sangue humano. Em razão disso, há necessidade de doadores de sangue, para que as pessoas que necessitam de transfusão possam sobreviver. A doação é, pois um ato de solidariedade. O doador precisa ter peso mínimo de 50kg, boas condições de saúde e estar na faixa de 18 a 65 anos. Há várias razões para que o doador não tenha receio de doar seu sangue: - É procedimento seguro. O doador é avaliado e seu sangue passa por rigoroso e completo exame laboratorial. - Não prejudica a saúde. O volume de sangue de uma pessoa corresponde a 7% de seu peso corporal. Numa doação, são retirados de 8 ml/kg de peso para mulher e 9 ml/kg de peso para homem. O volume máximo da doação é de 500 ml. O volume de plasma doado é reposto em 24 horas; os glóbulos vermelhos, em cerca de 2 a 4 semanas. - Não obriga a outras doações. A pessoa pode doar apenas uma vez ou, se quiser, a cada dois meses, se for homem, e a cada três, se for mulher, num período que não excede meia hora. - Não aumenta a pressão arterial, nem "engrossa o sangue". - Não causa contaminação, pois o material utilizado é descartável e oferece total segurança. "Imite seu ídolo: doe sangue" é uma campanha permanente apoiada por artistas e por outras personalidades públicas que, ao doarem sangue, mobilizam a população para imitar esse gesto. "Mulher na fábrica da vida" é uma campanha que tem como objetivo aumentar a participação da mulher na doação voluntária de sangue. Quem doa sangue, doa vida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 lembranças da minha época de escola

Guia de Sobrevivência do Carnaval