Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

G-7 e Brics enfretam dívida de US$ 7,6 trilhões neste ano

3 de janeiro de 2012 13h16 Sílvio Guedes Crespo – O Estadão
Texto atualizado às 14h35
As principais economias do mundo terão que enfrentar dívidas de US$ 7,6 trilhões neste ano, segundo um levantamento da agência Bloomberg. Esse é o valor total dos títulos públicos dos países do G-7 e dos Brics que vencem em 2012.
O Japão aparece em primeiro da lista, com uma dívida de US$ 3 trilhões a ser paga ou rolada neste ano. Os Estados Unidos estão em segundo lugar, com US$ 2,8 trilhões.
Nesse quesito, o Brasil está melhor do que a maior parte dos países desenvolvidos e pior do que os emergentes. No total, o País tem dívidas de US$ 169 bilhões que vencem em 2012. O número equivale a 6,5% do PIB (Produto Interno Bruto) projetado para este ano pelo FMI (Fundo Monetário Internacional).
Para pagar essa conta, os brasileiros precisariam trabalhar de graça por 16 dias, considerando um ano de 252 dias úteis. Visto de outro modo, cada um dos 100 milhões de trabalhadores ativos deveria repassar ao governo…

Direito ao teste de qualidade do combustível poderá ter divulgação obrigatória

Por: Welington Vital de Oliveira

SÃO PAULO - Os postos de combustíveis poderão ser obrigados a divulgar a informação sobre o direito do consumidor ao teste, gratuito, da qualidade do combustível.
A determinação é do projeto de lei 184/11, do deputado Jefferson Campos (PSD-SP), que determina que divulgação seja feita em placas com dimensões de 50 por 60 centímetros e contenham a seguinte informação: “Consumidor: você tem direito ao teste gratuito do combustível”.
De acordo com a Agência Câmara, o proposta prevê que a placa seja fixada na área externa do posto, em local visível aos consumidores. O custo de confecção da placa será de responsabilidade dos proprietários dos postos. Já a fiscalização será feita pelo governo federal, por intermédio do órgão competente.
Sanções
Em casos de descumprimento da norma estabelecida pelo projeto, o posto será multado no valor R$ 1 mil. O valor poderá ser triplicado em casos de reincidência.
Teste
O deputado explica que o teste de qualidade do combustív…

BB recebe 14 mil pedidos de abertura de contas no Banco Postal

Por Murilo Rodrigues Alves

Valor BRASÍLIA – O Banco do Brasil (BB) informou que foram recebidos 14 mil pedidos de abertura de conta no primeiro dia de funcionamento da parceria com os Correios no controle do Banco Postal para a prestação de serviços financeiros.
Durante todo o dia, foram realizadas 270 mil transações, como saques, depósitos e pagamentos de contas. Segundo o BB, 4,4 mil beneficiários do INSS que recebiam os benefícios pelo banco utilizaram as instalações dos Correios para receber seus pagamentos.
Em maio do ano passado, o banco estatal venceu o leilão, com lance de R$ 2,3 bilhões, que garantiu o direito de assumir o lugar que era do Bradesco desde 2002. A partir de hoje, o BB passa a utilizar a estrutura dos Correios, presente em 95% do território nacional, com mais de 6 mil agências


InfoMoney :: Principais notícias: Gradiente troca ações e deve voltar às lojas até maio

Divulgada Selic Dezembro de 2011

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL SUBSECRETARIA DE ARRECADAÇÃO E ATENDIMENTO COORDENAÇÃO-GERAL DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO Nº 1, DE 2 DE JANEIRO DE 2012 DOU de 03/01/2012 (nº 2, Seção 1, pág. 100)
Divulga a taxa de juros equivalente à taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) para títulos federais relativa ao mês de dezembro de 2011.
O COORDENADOR-GERAL DE ARRECADAÇÃO E COBRANÇA SUBSTITUTO, no uso da atribuição que lhe confere o inciso III do art. 305 do Regimento Interno da Secretaria da Receita Federal do Brasil, aprovado pela Portaria MF nº 587, de 21 de dezembro de 2010, e tendo em vista o disposto no art. 13 da Lei nº 9.065, de 20 de junho de 1995, nos arts. 16 e 39 da Lei nº 9.250, de 26 de dezembro de 1995, no art. 61 da Lei nº 9.430, de 27 de dezembro de 1996, e no art. 73 da Lei nº 9.532, de 10 de dezembro de 1997, declara:
Art. 1º - A taxa de juros equivalente à taxa referencial do Sistema Espe…

InfoMoney :: Brasil deve ser o quarto maior mercado de e-commerce em quatro anos

InfoMoney :: Eletroeletrônicos devem ficar mais caros em SP após elevação de imposto

InfoMoney :: Mais de 60% das pequenas empresas já realizaram ações sustentáveis

Nova tabela do IR já está em vigor; confira o impacto para o seu bolso

Entrou em vigor, no dia 1º de janeiro, a nova tabela do IR, reajustada em 4,5% e que valerá durante todo o ano-calendário de 2012.


Assim como ocorre desde 2009, a tabela conta com quatro faixas tributáveis, além da isenta. A mudança foi anunciada em dezembro de 2008, pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, com o objetivo de desonerar a população e estimular o consumo.

Nova tabela
O reajuste da tabela só não beneficia quem já era isento, pois mesmo quem não mudar de faixa de tributação ganha com o aumento da parcela a deduzir. Mas do que se trata esta parcela?

Por exemplo, se você possui uma renda tributável de R$ 2.500, de acordo com a tabela de 2011, está enquadrado na segunda faixa de tributação e paga 15% de imposto (ou R$ 375), mas, como tem uma parcela a deduzir de R$ 293,58, acaba recolhendo R$ 81,42 de imposto (ou 15% de R$ 2.500 - R$ 293,58). Contudo, com a nova tabela, você continua recolhendo com a mesma alíquota de 15%, mas poderá deduzir R$ 306,80, de forma que pagará …