Postagens

Mostrando postagens de 2015

Guia de Sobrevivência do Carnaval

Imagem
Chegou fevereiro. Com ele o Carnaval. Para aqueles que já estavam trabalhando, ou quem sabe, nem tiveram o merecido descanso no final de ano, chegou o momento de parar para dar aquela relaxada. Será quase uma semana de folga!



Como diz o filósofo e professor da PUC-SP Mario Cortela: “Todo ano é a mesma coisa: o carnaval se aproxima e muitas pessoas começam a maldizer, sem parar, a alegre ociosidade que seduz a maioria dos humanamente mortais no Rio de Janeiro. Já tem muito feriado por aqui – dizem – e agora suspendem tudo de útil por cinco dias, apenas para ficar dançando e pulando pelas ruas”.


Um povo ocupado apenas em se divertir, pular e sambar, por quase uma semana, é tudo que os governantes necessitam! As vésperas, ou durante esse período, são emitidos os habeas corpus para soltar da prisão pai e filho “assassinos” de filho de atriz. O prefeito de uma grande capital pode anunciar o aumento das passagens de ônibus. Outro prefeito de outra grande cidade pode anunciar que teremos dois …

5 Coisas que eu faço quando ninguém está olhando

Imagem
Mais um desafio do Rotarrots!

1) Futucar o nariz



2) Dar aquela ajeitada na calça



3) Roer as unhas



4) Conferir se está com bafo



5) Ficar de meia dentro de casa



O que eu faria se o mundo acabasse no dia 31/12/2015?

Imagem
Pessoal agora eu to participando de uma turma chamada Rotaroots. Trata-se de um grupo do facebook de blogueiros que tem o objetivo de resgatar a época de ouro dos blogs pessoais. E esta é a minha primeira postagem para a blogagem coletiva do mês de janeiro. To atrasado mas tá valendo!

O tema proposto foi: o que eu faria se o mundo acabasse no dia 31/12/2015?

Todos sabemos da finitude da vida. Uma dia todos nós partiremos! Como popularmente se diz: Ninguém vai ficar para semente. Ou então: Essa é a única certeza da vida!

Agora a coisa acontecer com dia e hora marcada fica meio complicado pra nossa cabeça né! Mesmo que a gente tentasse manter a calma, um filme com a nossa história começaria a passar  pela cabeça! E naturalmente surgiria o arrependimento pelas coisas que deixamos de fazer. As oportunidades perdidas.

Sofremos tanto pelos detalhes, no fundo com medo de enfrentar os grandes problemas da vida! Escolhemos inconscientemente nos aprisionar aos infinitos sofrimentos do dia-a-dia…

Coluna Edição 31 jan 2015 O Vale

Imagem
“O otimista irrita algumas pessoas porque ele opta por ser feliz, e ser feliz incomoda muita gente.” (JufrasMenhal) VIVA A VIDA!




Semana que vem já é fevereiro! Estamos às vésperas de o ano finalmente começar no Brasil. Os alunos e professores voltarão às salas de aula. Alguns profissionais privilegiados terão os seus dois ou três meses de férias terminado e terão que voltar ao “batente”.
O tempo passa muito rápido. Como na música “Crônica” do Engenheiro do Hawai: “Mais um pouco e mais um século termina; Mais um louco pede troco na esquina; Tudo isso já faz parte da rotina; E a rotina já faz parte de você que tem ideias tão modernas; E é o mesmo homem que vivia nas cavernas!”
Temos que viver cada dia. Tentando aproveitar – com responsabilidade, as oportunidades que Deus nos dá. Cada dia é uma página em branco. Posso escrever nela tudo o que eu quiser. Só não tenho o direito de esquecer que tenho que ter responsabilidade com o que escrevo!
Algumas pessoas pregam o Carpe Diem: O termo foi e…

Coluna do Vale - Edição 25 01 2015

“Pessoas arrogantes são tão inseguras quanto a sua importância, que precisam humilhar outras pessoas pra que se sintam importantes.” Junior Gouveia QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA O MUNDO? Tem programas na televisão que nos fisgam literalmente. Começamos a assistir achando que não vai dar em nada e quando percebemos já estamos lá há quase uma hora e ainda queremos mais! Assim aconteceu comigo assistindo o episódio de Dercy de Verdade que a Rede Globo de Televisão exibiu na noite de quarta feira. Não querendo entrar no mérito de todos os palavrões e cenas bizarras protagonizadas pela grande Dercy. Uma vez que não podemos julgar o ser humano que ela foi, pelo simples motivo de não a termos conhecido pessoalmente, nem convivido com ela. A mensagem do programa nos leva a refletir sobre nossas vidas. Segundo a série, Dercy suportou durante muito tempo um marido que a traia, desviava dinheiro que ela ganhava com o suado trabalho nos palcos, para que a filha tivesse um pai, mesmo que adotivo, que a l…